Desemprego no Brasil sobe a 11,8% no trimestre até agosto

A taxa de desocupação no Brasil ficou em 11,8% no trimestre encerrado em agosto de 2016, o maior resultado já registrado pela Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua). A série histórica da pesquisa foi iniciada em 2012 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em igual período do ano passado, a taxa de desemprego medida pela Pnad Contínua estava em 8,7%. No trimestre encerrado em julho deste ano, o resultado ficou em 11,6%. O resultado divulgado nesta sexta-feira, 30, ficou dentro das expectativas dos analistas ouvidos pelo Projeções Broadcast, que estimavam uma taxa de desemprego entre 11,40% e 11,90%, com mediana de 11,70%. A renda média real

Cartão de loja tem ajudado varejo a atravessar a crise

Do cartão de marca própria a empréstimos pessoais, diversas varejistas também oferecem serviços financeiros a seus clientes há um bom tempo. Com a crise econômica, porém, essa parte vem ganhando mais importância por garantir as vendas em tempos difíceis. Para algumas delas, o negócio financeiro passou a ter dificuldades com perdas ou inadimplência, consequência do novo cenário, já que um volume maior de recurso passou a ser emprestado. Rapidamente, elas reviram suas estratégias, endureceram políticas de concessão e fizeram provisões. No entanto, não cortaram completamente o acesso aocrédito, ainda que pudessem ter perdas, para ajudar a proteger a sua divisão do varejo, afirmam especialistas

Brasil deve mirar setores do futuro, diz cofundador da Apple

Há 40 anos, o engenheiro eletrônico Steve Wozniak e o amigo Steve Jobs tiveram a ideia de juntar uma porção de circuitos, colocá-los em uma caixa e vender a máquina para consumidores comuns, dando início à revolução dos computadores pessoais. Aquela invenção deu origem à Apple e a um setor que provocou marcas profundas na economia. Hoje com 66 anos, Wozniak acredita que haja novos setores a ser explorados e que o Brasil tem chance de aproveitar as oportunidades. “É preciso identificar quais serão as áreas-chave para a economia no futuro e investir nelas”, disse em entrevista a EXAME. Em novembro, Wozniak virá ao Brasil para a conferência HSM Expo. EXAME - Já faz mais de meio século que o Val

Idade mínima da aposentadoria pode ser maior que 65 anos

A proposta de reforma da Previdência que o presidente Michel Temertem em mãos prevê o aumento da idade mínima para além dos 65 anos fixados inicialmente. O texto, elaborado pela equipe técnica do governo, propõe um gatilho que permitirá aumentar o piso da idade à medida que também subir o tempo médio de sobrevida (a quantidade de anos de vida depois da aposentadoria). A "calibragem" evitaria a necessidade de discutir novos projetos de reforma previdenciária acompanhando o envelhecimento da população. Caberá a Temer a decisão de deixar ou retirar esse dispositivo. Os técnicos, porém, defendem o instrumento como necessário para que os efeitos da reforma, de alto custo político, sejam de longa

Comércio gaúcho aposta na retomada da economia

As perspectivas para o desempenho do comércio varejista nos próximos meses de 2016 são otimistas para a retomada das vendas. E em se tratando do próximo ano, os indicadores apontam uma evolução na retomada do crescimento da economia brasileira. A análise foi debatida durante a reunião mensal da Associação Gaúcha para Desenvolvimento do Varejo (AGV), que aconteceu nesta terça-feira, 27, e estima a retomada da atividade industrial a partir de março de 2017 e o crescimento dos indicadores de confiança do consumidor. "A se confirmar os percentuais de melhora na confiança do consumidor, a indústria poderá ter condições de voltar a contratar para atender a retomada de pedidos do varejo. Será a ret

Pesquisa AGV- Dia das Crianças

A Associação Gaúcha para o Desenvolvimento do Varejo está realizando uma pesquisa para descobrir a intenção de compra do gaúcho para o Dia das Crianças. Nos ajude a traçar este perfil, clique aqui e responda nossa pesquisa.

Artigo: Mais uma eleição. Mais uma esperança?

Estamos mais uma vez em um ano eleitoral. Dentro de alguns dias, escolheremos para uma gestão de quatro anos, os prefeitos e vereadores dos municípios. Sei que o que falei aqui não é novidade para ninguém, mas é sempre bom ressaltar a importância de votar de forma consciente. Nós precisamos e queremos governantes e legisladores honestos, que tenham pulso firme, comprometimento com a cidade e com a população, planos de administração factíveis, moralidade pública, e que trabalhem pelo bem comum. Políticos de atitude, que enxerguem a população, suas demandas e principalmente as soluções. É claro que a falta de segurança segue sendo um dos pontos mais caóticos. Necessitamos de medidas urgentes p

Em crise, empresas não conseguem pagar nem juros de dívida

Endividadas e com a receita em queda por causa da recessão econômica, as empresas brasileiras têm perdido a capacidade de honrar seus compromissos. Em quase metade (49%) das grandes companhias do País, a geração de caixa não é suficiente nem para pagar os juros da dívida - quadro que explica o aumento da inadimplência, das renegociações com credores e da escalada dos pedidos derecuperação judicial. Para economistas, a situação é tão grave quanto a dívida pública nacional. O enfraquecimento financeiro das empresas representa risco de aumento do desemprego e de atraso ainda maior na reativação da economia nacional. Resultado de levantamento feito pelo Centro de Estudos do Instituto Ibmec (Ceme

Noer fala sobre cooperação no varejo em Santa Maria

O presidente da Associação Gaúcha do Varejo, Vilson Noer, falou sobre “Redes de cooperação no varejo”, na 1ª Convenção do Varejo da Região Centro do RS. O evento é promovido pela Câmara de Dirigentes Lojistas de Santa Maria (CDLSM). Também fez parte do painel de Noer, a presidente da FEDERASUL, Simone Leite e a jornalista Rosane de Oliveira.

Internet banking facilita a gestão das empresas

Ir pessoalmente até o banco para resolver pendências financeiras na mesa do gerente é, definitivamente, uma ação em desuso. Pesquisa da Federação Brasileira de Bancos (Febraban) mostra que mais da metade do total de transações feitas em 2015 foi realizada por meio de canais digitais, o que demonstra a consolidação não só do internet banking como também do mobile banking. O consumidor quer mais praticidade e mobilidade dos serviços financeiros, desejo a que os bancos respondem oferecendo cada vez mais funcionalidades tanto no site quanto nos aplicativos para smartphones. “Hoje, tempo é algo imprescindível, e a velocidade e a praticidade permitidas pelos meios digitais são fatores cruciais na

Pesquisa revela que gaúchos querem ir às compras para a Primavera/Verão

Neste ano, o frio chegou mais cedo fazendo com que muitas pessoas tivessem que comprar roupas para estarem preparados para as temperaturas baixas. Para saber o comportamento do consumidor em relação à proximidade da primavera e do verão, a Associação Gaúcha para Desenvolvimento do Varejo realizou uma pesquisa chamada Tendências AGV. De acordo com o levantamento, 85,2% dos gaúchos devem renovar seu guarda-roupa para os próximos meses, e 37,8% deles afirmam que irão comprar até três itens das novas coleções, demonstrando que o consumidor até reduz as despesas, mas não deixa de consumir o que acha importante. Conforme o presidente da AGV, Vilson Noer, o momento econômico tem forçado os consumid

50 Anos CDL Santo Ângelo

O presidente da Associação Gaúcha do Varejo, Vilson Noer, participará das comemorações dos 50 anos da CDL de Santo Ângelo. O aniversário da entidade acontecerá na sexta-feira, dia 23, no Clube Gaúcho de Santo Ângelo (R. Bento Gonçalves, 915).

Vilson Noer participa de painel sobre cooperação no varejo

O presidente da Associação Gaúcha do Varejo, Vilson Noer, fará parte de um painel com o tema: "Redes de Cooperação no Varejo". A atividade acontecerá no Hotel Itaimbé, em Santa Maria, às 10h30min do dia 23, sexta-feira. Além de Noer, o painel contará com a presença da presidente da Federação das Associações Comerciais e de Serviços do Rio Grande do Sul - FEDERASUL, Simone Leite, e do jornalista do Grupo RBS, Cláudio Brito, que será o mediador.

Plataforma de entregas expressas chega à Porto Alegre

Com a proposta de revolucionar o mercado de entregas expressas, a caterrissou em Porto Alegre, na semana passada, com um aplicativo que conecta motoboys aos consumidores finais e empresas. O sistema funciona com base na geolocalização, buscando o motoboy mais próximo rapidamente e, com isso, permitindo que as entregas sejam realizadas com mais rapidez - o que aumenta a satisfação dos usuários e as possibilidades de serviços para os profissionais. "O cliente dá um clique no app para solicitar o serviço e, em cerca de dois minutos, o profissional chega. Muitas vezes, a pessoa ainda está organizando o envelope para enviar, e ele já está batendo na porta", brinca o CEO da Loggi, Fabien Mendez. O

Lojas Americanas tem lucro líquido de R$50,6 milhões

A varejista Lojas Americanas apurou lucro líquido de 50,6 milhões de reais no segundo trimestre, ante resultado positivo de 17,3 milhões reais no mesmo período de 2015. O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado da controladora cresceu 27,7 por cento na comparação anual, para 452,7 milhões de reais. O Ebitda consolidado da companhia somou 610,8 milhões de reais, alta de 23,2 por cento ano a ano. Fonte: Exame

Bob’s x McDonald’s: concorrência entra na “guerra do Ovomaltine”

A “guerra do Ovomaltine” entre Bob’s e McDonald’s continua rendendo. Agora, concorrentes como Giraffas, KFC e Burger King e marcas como Philips e aproveitaram a briga pelo uso do nome do achocolatado para ganhar a simpatia dos consumidores. Na terça-feira, o McDonald’s informou que passaria a ter exclusividade no uso do nome Ovomaltine, achocolatado utilizado no preparo de milk-shakes e bastante associado à rival. O Bob’s lançou o milk-shake de Ovomaltine em 1959 e, desde 2005, tinha um contrato de exclusividade no uso da marca no Brasil. Ao perder a exclusividade, o Bob’s chamou a bebida da rival de “#MilkFake”. Fonte: Veja

Varejo pode gerar emprego com flexibilização, diz Riachuelo

O presidente da Riachuelo, Flávio Rocha, defendeu nesta quarta-feira, 14, propostas de flexibilização das leis trabalhistas. Para o executivo, o varejo poderia gerar mais empregos no Brasil se a legislação permitisse novos tipos de contrato de trabalho. Rocha participou do Congresso Nacional das Relações Empresas-Cliente, em São Paulo, e defendeu que o atendimento nas lojas poderia ser melhor gerido com mudanças trabalhistas. Publicidade "O varejo como um todo lida com uma dificuldade grande, algo que está em pauta essa semana, que é o fato de a legislação trabalhista ser feita sob a lógica industrial e isso está revelando sua inadequação para o varejo e os serviços", comentou Rocha. Ele con

Varejistas de SP apoiam reformas propostas por Padilha

Empresários do varejo ouviram nesta segunda-feira, 12, uma apresentação do ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, das propostas do governo para as reformas da Previdência e das leis trabalhistas. O ministro falou ainda sobre o ajuste fiscal e a necessidade de redução do déficit público e recebeu apoio do público de associados do Instituto para Desenvolvimento do Varejo (IDV). Padilha foi convidado em uma reunião promovida pelo IDV em São Paulo com executivos de algumas das principais empresas de varejo do país como Grupo Pão de Açúcar, Carrefour, Walmart, Lojas Renner e Magazine Luiza. Executivos ouvidos pelo Broadcast, serviço de notícias em tempo real do Grupo Estado, descreveram a

Pesquisa da AGV revela que 88,2% das famílias reduziram suas despesas

Em recente pesquisa realizada pela Associação Gaúcha para o Desenvolvimento do Varejo (AGV), sobre economia familiar, 88,2% dos entrevistados afirmaram que diminuíram suas despesas em 2016, por causa da crise que o Brasil vive. Para 66,7% dos participantes, o aumento das contas básicas os “impediu” de fazer algo que gostava. Para conseguir equilibrar as contas no final do mês, 87,5% dos gaúchos afirmaram que reduziram o lazer (idas ao cinema, restaurantes, viagens, shows, teatro), 37,5% diminuiu as compras no supermercado e 34,4% a telefonia móvel. Também foram apontados na lista de redução de despesas: rancho, luz, transporte e TV a cabo. Apesar de 88,9% dos participantes afirmarem que eles

Retração do PIB em 2016 passa de 3,20% para 3,18%, diz Focus

O Relatório de Mercado Focus desta semana mostrou leve mudança, para melhor, nas projeções para a atividade no País em 2016. Pelo documento, as estimativas para o Produto Interno Bruto (PIB) este ano indicaram retração de 3,18%, ante os 3,20% projetados uma semana e um mês antes. Para 2017 o cenário é mais favorável, com perspectiva de PIB positivo. O mercado previu para o País, conforme o relatório Focus divulgado nesta segunda-feira, 12, um crescimento de 1,30% no próximo ano, mesmo porcentual projetado uma semana antes. Há um mês, estava em 1,10%. No segundo trimestre de 2016, conforme dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o PIB brasileiro recuou 0,6% ante o pri

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Siga a AGV nas redes socias
  • Grey Facebook Icon
  • Instagram Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Blogger - Grey Circle
Venha nos Visitar

Rua Senhor dos Passos, 235 / 4º andar

Bairro Centro

Porto Alegre - RS - Brasil

Tel (51) 3017.8241

Cel (51)99860.0686

  • Grey Facebook Icon
  • Instagram Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Blogger - Grey Circle