Queremos a sua opinião! Deixe o seu comentário.

Frio ajuda mas vendas para Dia dos Namorados tiveram queda de 2%

13/6/2016

 

O frio ajudou, mas o fator crise, os temores com a insegurança, receio com o desemprego e inflação estimularam menos os negócios com o Dia dos Namorados. Conforme dados divulgados pela Associação Gaúcha para Desenvolvimento do Varejo (AGV), a venda para a data apresentou uma queda de 2% em relação ao estimado, devendo encerrar com um resultado de R$ 338 milhões com destaque para produtos como blusas, casacões, toucas, edredons, cobertas e pijamas. "O clima continua impactando o bem estar dos consumidores. Há uma real  queda de renda e um aumento do endividamento do cidadão. E isso tem sido prejudicial para a venda do setor no estado", argumenta Vilson Noer, presidente da AGV.

 

Conforme o dirigente, outro aspecto verificado no movimento de negócios para a data foi com relação ao ticket médio das vendas. A projeção é que os presentes ficassem em uma média entre R$ 90 e R$ 100 mas na média eles chegaram a R$ 85,00, o que indica presentes com valores mais baixos sem deixar de comprar. "Uma curiosidade foi a compra de roupas íntimas para o frio, como as tradicionais ceroulas para homens e segunda pele para mulheres, ocasionando um desabastecimento pontual no final da semana", comentou Noer.

 

Pelos dados da AGV 60% das vendas foram com cartão de crédito, além de 25% à vista e 15% no crediário e cartões próprios.

 

Please reload

Posts Em Destaque

Vemos com muita tristeza os efeitos da interrupção das atividades do varejo nas regiões com bandeira vermelha. É importante que a sociedade entenda o...

A bandeira vermelha e o impacto no varejo gaúcho

24/6/2020

1/10
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo