Queremos a sua opinião! Deixe o seu comentário.

Agenda 2020: Desafios de Lajeado são apresentados a candidatos a prefeito

1/9/2016

Cerca de 140 pessoas prestigiaram a reunião-almoço realizada nesta quarta-feira (31), na sede da Associação Comercial e Industrial de Lajeado (Acil). O evento contou com a mobilização de 13 entidades empresariais. Com enfoque nos desafios do município de Lajeado, teve como convidados ouvintes os três candidatos a prefeito de Lajeado: Luís Fernando Schmidt, Marcelo Caumo e Márcia Scherer. Eles participaram da atividade com comitivas, incluindo a presença dos candidatos a vice-prefeito. A apresentação dos dados foi feita pelo presidente do Conselho Superior da Agenda 2020, Humberto César Busnello, e o diretor executivo da instituição, Ronald Krummenauer. Movimento formado por voluntários que buscam o desenvolvimento do Rio Grande do Sul, a Agenda 2020 incluiu Lajeado no estudo denominado Sinaleira 2020, feito com os 50 maiores municípios gaúchos, com base no Produto Interno Bruto (PIB) e população.

 

Foram exibidos mais de 50 indicadores socioeconômicos, classificados pelas cores verde, amarelo e vermelho. Áreas como renda per capita (por pessoa) média de R$ 1.130,85, Lei de Responsabilidade Fiscal e empregos, com taxa de empregabilidade de 91% da população adulta, têm sinal verde. Enquanto nas séries iniciais (até 4ª série) a avaliação da educação é positiva, nas séries finais (até 8ª série) o sinal é vermelho. Em relação à escolaridade da população adulta (25 anos ou mais) aproximadamente 60% dos residentes não tem Ensino Médio completo. “Isso representa uma grande demanda, pois reflete em melhores níveis de emprego, renda e qualidade de vida da população”, apontou Busnello. Também no vermelho estão os leitos hospitalares, o crescente número de homicídios e o tráfico de drogas. O sinal amarelo aparece na gestão fiscal e na taxa de mortalidade em acidentes de trânsito.

 

“Lajeado tem grandes desafios. Mas de todas as cidades avaliadas, ainda é uma das que tem o menor número de problemas”, classificou Krummenauer. Para o presidente da Acil, Miguel Arenhardt, o evento cumpriu seu objetivo de promover um olhar para o futuro de Lajeado. “Unimos nossas forças para pensar, discutir, construir e buscar soluções. Este é o único propósito deste movimento, que não tem nome, não tem bandeira, não tem liderança definida ou que se destaque”, destacou o presidente da Acil, Miguel Arenhardt.

 

Sabatina

 

A próxima ação do grupo de entidades será uma espécie de sabatina com cada um dos candidatos no mês de setembro. Definida por sorteio, terá Marcelo Caumo e Gláucia Schumacher no dia13, Márcia Scherer e Renato Worm no dia 14, e Luís Fernando Schmidt e Vilson Haussen Jacques Filho no dia 15. 

Serão encontros fechados com até duas horas de duração e restritos a cinco membros de diretoria das 13 entidades envolvidas. Todos vão ocorrer na Acil, a partir das 8h.

Please reload

Posts Em Destaque

* Texto publicado no Jornal do Comércio, na edição do dia 23 de março de 2020. 

As medidas apresentadas pelo Governo do Estado para evitar a propagação...

ARTIGO: Impactos econômicos da pandemia no varejo

23/3/2020

1/10
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo