Queremos a sua opinião! Deixe o seu comentário.

Acordo Coletivo possibilita horário especial para o comércio de Santa Cruz do Sul

13/12/2017

Crédito: Rodrigo Assmann

 

Santa Cruz do Sul – Na última terça-feira, 12, os presidentes do Sindilojas Vale do Rio Pardo e do Sindicato dos Comerciários de Santa Cruz do Sul assinaram o Acordo Coletivo da categoria que prevê a alteração no horário do comércio para o período de 18 a 23 de dezembro de 2017. Desta forma, os consumidores de Santa Cruz do Sul e região contam com um horário especial para fazer suas compras de Natal. Com o Acordo, o comércio abre as portas até às 22 horas de 18 a 22 de dezembro e, no sábado, 23, até às 19 horas.

 

O horário havia sido proposto pelo Sindilojas desde o início das negociações e acolhido pelo Sindicato dos Comerciários. Em assembleia, os comerciantes entenderam que não há necessidade de o comércio abrir as portas nos domingos, 17 e 24 de dezembro. No entendimento dos lojistas, o dia 17 é muito distante, enquanto o dia 24 é a véspera do Natal. “Tradicionalmente, devido ao calor, os consumidores vão às compras após as 17 horas, e como o dia 24 é véspera do Natal, não seria possível as lojas manterem as portas abertas até 20 ou 21 horas. Assim, não compensaria a abertura nesta data”, explica o presidente do Sindilojas, Mauro Spode.

 

Ainda pelo acordo, as horas extras realizadas neste mês serão acrescidas de 75% do valor ou podem ser trocadas por folgas em dobro. A opção fica a cargo do comerciário e as folgas deverão ser compensadas até o dia 31 de março de 2018. Os comissionistas, da mesma forma, terão o cálculo das suas horas extras tendo como base a média das comissões recebidas nos últimos 12 meses de trabalho. Os comerciários que fizerem horas extraordinárias em virtude da prorrogação do horário de trabalho terão direito a um lanche. Para que o empregado compre este lanche, a empresa repassará a ele o valor de R$ 15,50 em dinheiro.

Please reload

Posts Em Destaque

Vemos com muita tristeza os efeitos da interrupção das atividades do varejo nas regiões com bandeira vermelha. É importante que a sociedade entenda o...

A bandeira vermelha e o impacto no varejo gaúcho

24/6/2020

1/10
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo