Queremos a sua opinião! Deixe o seu comentário.

CDL Lajeado | Três empreendedores de diferentes segmentos compartilham suas histórias no 7º Encontro de Jovens Empresários

9/8/2019

Cases de empreendedorismo, fracasso e relacionamento digital marcaram o 7º Encontro de Jovens Empresários realizado nesta quinta-feira (8) no Teatro da Univates. O evento promovido pelo núcleo Jovem da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) Lajeado teve como convidados Alexandre Dullius, Flávio Steffens e Alex Kemmerich, os quais compartilharam com mais de 600 pessoas suas experiências, aprendizados e práticas negociais. 

Dullius abriu a programação relatando sua trajetória iniciada na função de representante comercial até o momento atual como diretor-fundador da Rola Moça, empresa que, segundo ele, é sensível e flexível às mudanças de mercado e não tem problemas em rever estratégias. Ressaltando os investimentos em público e processos internos para ter mais agilidade, assertividade e qualidade, Dullius enalteceu a preocupação com a manutenção das parcerias e o desejo de crescer com elas: “Mercado conquistado é mercado preservado”. Ao abordar temas como marca, filosofia, gestão de clientes, tecnologia e franquias, ele comentou que na Rola Moça nada acontece instantaneamente e que, apesar de o planejamento de médio e longo prazo não estar no papel, todas as ações são estrategicamente pensadas e colocadas em prática somente mediante certeza de seu acerto. O diretor também revelou que a concorrência inspira a melhoria, mas não define a maneira de trabalhar e destacou que o empreendedorismo surge mais por necessidade do que por desejo, não sendo preciso ter o próprio negócio. Ele finalizou instigando uma reflexão: “Se eu fizer os mesmos caminhos que os outros já fizeram, só vou chegar até onde eles chegaram. Nós temos que ser diferentes”.

Sob o mote “Seu produto vai fracassar e isso pode ser incrível”, Steffens descreveu seus negócios ligados à tecnologia que não deram certo, até se tornar sócio do site Vakinha. A partir de sua experiência, ele apontou cinco erros que todo empreendedor comete na hora de abrir sua empresa, os quais envolvem muito plano e pouca ação, paixão cega por uma ideia, inexistência de um plano B, percepções diferentes da realidade e desconhecimento do mercado. “Nunca perguntei se o cliente queria o meu produto”, revelou. Steffens alertou que um dos maiores problemas das pessoas é sempre pensar primeiro na solução, quando ela deveria ser a última decisão: “Todo problema tem uma solução. Nem toda solução tem um problema”. Ele também atentou para os riscos de envolver emoção nos negócios: “Tenha mais entusiasmo e menos paixão”.  Reforçando o conceito de experimentar, fracassar, aprender e recomeçar, Steffens reiterou que o fracasso ensina na marra, mas dá experiência para seguir: “O sucesso inspira, mas o que realmente ensina é o fracasso. Você só vai inovar se aceitar fracassar”. 

Com a mesma desenvoltura e irreverência observadas na rede social, o digital influencer Kemmerich, conhecido como Gordo Fitness, explanou sobre seu perfil no Instagram criado há três anos com o intuito de policiar sua rotina de dieta. Aos poucos, as pessoas se identificaram com suas postagens e conforme crescia o número de seguidores, também aumentavam as interações, muitas das quais relatando a inspiração da página: “Isso vale mais do que qualquer dinheiro”. Com mais de 81 mil seguidores, que na sua maioria estão em São Paulo, Lajeado e Rio de Janeiro, ele falou sobre o retorno de suas publicações e deu dicas de como criar os melhores stories, orientando as empresas a utilizarem a rede para atingir seus públicos. A contratação de seu perfil para divulgação de marcas também esteve em pauta, quando ele declarou sua crença de que quanto mais real o post, mais as pessoas se identificam. Devido a essa visão, seu perfil é mais conceitual e não uma loja, sendo que ele só repercute e aceita o que de fato consome. “Não estou ali para vender. Estou ali para instigar o interesse da pessoa em consumir o produto. Não quero ser reconhecido pelo meu preço, mas sim pelo meu valor e pelo que eu posso trazer para meu cliente”, afirmou.

O 7º Encontro de Jovens Empresários teve a correalização do Crie Univates com o patrocínio de Sicredi. O apoio foi da Sorvebom, Florestal Alimentos, Criar Comunicação Visual e Grupo Independente.

 

 

 

Please reload

Posts Em Destaque

* Texto publicado no Jornal do Comércio, na edição do dia 23 de março de 2020. 

As medidas apresentadas pelo Governo do Estado para evitar a propagação...

ARTIGO: Impactos econômicos da pandemia no varejo

23/3/2020

1/10
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo