Queremos a sua opinião! Deixe o seu comentário.

Ofício encaminhado ao governador do Estado

27/3/2020

A Associação Gaúcha para Desenvolvimento do Varejo, que representa o varejo gaúcho, no cumprimento de suas obrigações, em razão do agravamento da crise internacional em função da disseminação do Coronavírus e da consequente crise econômica, vem solicitar o encaminhamento de medidas que visem à proteção das empresas e principalmente dos empregos por ela gerados.

 

O varejo apoiou e atendeu prontamente as medidas implementadas para a redução de circulação de pessoas nas ruas e de manutenção das atividades essenciais, com o intuito de mitigar a propagação do vírus em nosso Estado e evitar o colapso do sistema público de saúde.

Porém, estas medidas impactam diretamente o caixa das empresas varejistas, principalmente das micro e pequenas empresas, o que ameaça diretamente a manutenção dos empregos e a continuidade das atividades.

 

Urge a tomada de medidas para que o setor afetado possa ter mais liquidez e de alguma forma sobreviver à crise que se avizinha.

 

Assim, a AGV sugere a Vossa Excelência a adoção das seguintes de medidas:

 

a) Adesão dos tributos estaduais inseridos no Simples Nacional à alteração de prazo dos tributos federais instituída pela Resolução no 152/2020, que prorroga o prazo para pagamento dos tributos federais no âmbito do Simples Nacional e MEI, e após o referido período seja concedido o parcelamento sem multa destes valores;

 

b) Postergar a data de recolhimento das parcelas referentes ao Regime Optativo da Substituição Tributária (ROT-ST) e aumentar o número de parcelas;

 

c) Isenção das empresas pelo atraso na entrega das obrigações acessórias que vencem até 31/05;

 

d) Suspender prazos e atos de cobrança da Procuradoria Geral do Estado; e

 

e) Prorrogação do calendário de vencimentos do IPVA 2020;

 

Considerando o atual cenário e as sugestões apresentadas, ponderamos a Vossa Excelência que considere a necessidade de encaminhar as medidas acima, a fim de garantir a manutenção das atividades do varejo e, principalmente, os empregos dos gaúchos.

 

Reiteramos o apoio irrestrito às medidas adotadas até o presente momento e permanecemos à disposição do Governo do Estado para adotar as ações indicadas.

Please reload

Posts Em Destaque

Vemos com muita tristeza os efeitos da interrupção das atividades do varejo nas regiões com bandeira vermelha. É importante que a sociedade entenda o...

A bandeira vermelha e o impacto no varejo gaúcho

24/6/2020

1/10
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo