Business Intelligence não deixa varejo perder vendas

A tecnologia de BI pode lhe entregar grandes volumes de dados do varejo. Foto: Creative Commons Douglas Scheibler* Ao não encontrar o produto que procura na gôndola do supermercado ou na prateleira da loja, 70% dos consumidores muda de marca ou de estabelecimento. O dado, de um estudo feito pela empresa Accera, evidencia uma realidade: indisponibilidade de produto é sinônimo de perda de vendas. No varejo, esta indisponibilidade é chamada de ruptura, e refere-se à falta de itens tanto em gôndola quanto em estoque. A mesma pesquisa citada acima indica, ainda, que 62,2% das rupturas são identificadas no próprio ponto de venda, associadas à falta de reposição ou a estoque virtual (produtos que e

7 ideias de negócio do setor de serviços para se inspirar

Fizemos uma lista com 7 serviços que facilitam a vida de quem empreende. Foto: Creative Commons O setor de serviços oferece uma série de oportunidades para empreendedores no Brasil. Vários empresários brasileiros e estrangeiros tiveram grandes ideias nessa área e as transformaram em negócios lucrativos. Para inspirar quem também deseja investir no setor, fizemos uma lista com 7 empresas que estão se destacando com serviços que facilitam a vida das pessoas. Confira a seguir: Camerite Por causa do aumento no número de assaltos nas grandes cidades, empreendedores estão instalando câmeras para afugentar ladrões e melhorar a segurança de seus estabelecimentos. A Camerite, uma startup de Santa Ca

Juro do rotativo do cartão de crédito cai 1,6 ponto em agosto

A taxa média de juros no crédito recuou de 29% para 28,5% ao ano. Foto: Thiago Teixeira/Estadão O juro médio total cobrado no rotativo do cartão de crédito caiu 1,6 ponto porcentual de julho para agosto, informou o Banco Central. Com isso, a taxa passou de 399% em julho (dado revisado ante os 399,1% anteriores) para 397,4% ao ano em agosto. O juro do rotativo é a taxa mais elevada do crédito para pessoa física e também a mais alta entre todas as avaliadas pelo BC. Dentro desta rubrica, a taxa da modalidade rotativo regular caiu de 223,8% para 221,4% ao ano de julho para agosto. Esse é o juro cobrado dos clientes que usam o rotativo do cartão por até 30 dias e que fazem o pagamento mínimo da

Varejo também deve ficar atento à conciliação de vendas em dinheiro

É possível encontrar dois modelos de gestão de vendas com dinheiro. Foto: Creative Commons Mesmo com o constante crescimento dos meios eletrônicos, como cartões de crédito, débito, e a popularização das transações virtuais, o pagamento em dinheiro ainda é responsável por mais de 50% das compras do varejo nacional. A modalidade ainda deve manter o protagonismo após a recente sanção da lei que permite descontos para pagamentos em espécie. Atualmente, é possível encontrar dois modelos de gestão de vendas com dinheiro: o primeiro, mais tradicional, em que um funcionário vai diariamente ao banco e efetua um depósito identificado ou o pagamento de um boleto com os valores obtidos a partir do fecha

5 dicas para uma forte liderança

O desafio é encontrar o estilo de liderança que mais se adequa a você. Foto: Rawpixel/Shutterstock Quando as pessoas pensam em liderança, elas, sem dúvida, se direcionam aos gerentes mais seniores para que lhes proporcionem isso. Dessa forma, esses líderes também têm a obrigação de dar o exemplo através da incorporação de uma série de valores, atitudes e práticas, não somente no trabalho, mas também em sua vida pessoal. Isso irá te moldar no tipo de pessoa que seus funcionários ou colegas de trabalho gostariam de imitar ou seguir – comprovando a definição de “liderança por exemplo”. Não existe uma regra específica que serve para todas as pessoas ou uma “pílula manipulada” para a liderança ef

T-Commerce – O varejo inteligente

A união de televisão e e-commerce possibilita atingir a parcela de consumidores que utilizam o comércio digital Que o consumo de conteúdo por meio da internet cresceu consideravelmente nos últimos anos, não temos como negar. Hoje, há uma infinidade de plataformas capazes de oferecer ao telespectador aquilo que ele realmente quer assistir, livre de propagandas e sem a obrigação de esperar o horário de sua programação. O que percebemos com esse cenário é que a TV aberta e por assinatura vem perdendo um grande espaço para os vídeos on demand (VoD), e isso acontece devido a mudança no comportamento dos consumidores. De acordo com uma pesquisa realizada pela RBC Capital Markets, banco de investim

Nova solução para aceitar bitcoin no varejo

O bitcoin foi criado para ser usado no dia a dia, como qualquer outra moeda, e isso já começou a acontecer No mercado desde 2009, as moedas digitais, ou bitcoins, estão ganhando cada vez mais visibilidade nos dias de hoje, com a tecnologia cada vez mais no centro das principais atividades e, consequentemente, avançando para novos setores. Com o objetivo de trazer as criptomoedas (que são um subconjunto das moedas digitais) para o varejo, os empreendedores Rony Abreu e Nik Oliveira lançaram em setembro a Redecoin, gateway de pagamento que permite aos e-commerces aceitarem o bitcoin com a vantagem de trabalhar com taxas abaixo da média, além de blindagem contra falsificações. O gateway (ponte

Confiança do consumidor sobe em setembro

Índice de Confiança do Consumidor tem leve alta em setembro Foto: Hélvio Romero/Estadão A confiança do consumidor subiu 1,4 ponto em setembro ante agosto, na série com ajuste sazonal, de acordo com levantamento da Fundação Getulio Vargas (FGV). Com o resultado, o Índice de Confiança do Consumidor (ICC) ficou em 82,3 pontos. A alta interrompe a sequência de três quedas consecutivas, puxadas pelo agravamento da crise política em maio, com a divulgação da delação do empresário Joesley Batista, um dos sócios do grupo J&F, envolvendo o presidente Michel Temer. "O resultado parece estar relacionado a uma ligeira melhora na percepção sobre o mercado de trabalho e no gradual afastamento do risco de

11 tendências para vender mais em 2018

Misturar é um desafio, mas é uma tendência já é observada em lugares como Berlim Para quem trabalha no varejo, há sempre muitas novidades no mercado. Quais delas você precisa considerar? E quais as tendências para 2018? Contamos com a ajuda de Carlos Zilli, conselheiro da Imaginarium, e de Fernando Lucena, sócio-diretor da GS&Friedman, para reunir dicas relevantes. Ligue seus radares e não perca tempo: confira nossa lista e saiba no que ficar de olho. Varejo híbrido Segundo Zilli, é um desafio cada vez maior reter os consumidores nos pontos de venda. Por isso, as lojas estão criando ambientes onde é possível encontrar produtos de segmentos diferentes. No mesmo local onde se vendem objetos há

Decifrando o consumidor para alavancar Vendas e Margem

Certamente um dos grandes marcos dessa nova fase é o nascimento do consumidor cidadão empoderado Estamos passando por um período particular e único de transformação dos consumidores. A tecnologia trouxe mudanças com profundidades que não conseguimos medir ainda. Para aumentar a complexidade, no Brasil, estamos passamos pela maior crise ética e política da história, somado a tudo isso, nada muda tanto o comportamento do consumidor como uma crise econômica. Todas essas mudanças geram o que chamamos de MUDANÇAS SÍSMICAS, pois ninguém consegue ficar imune a elas. Certamente um dos grandes marcos dessa nova fase é o nascimento do consumidor cidadão empoderado, muito mais consciente dos seus dever

Tendências de tecnologia aplicada às jornadas de compra no varejo

O aperto de mãos, o sorriso, o olhar, a respiração, tudo compõe um código de confiança. Nos próximos três anos, 60,4% dos brasileiros realizarão compras utilizando tecnologias como de autoatendimento. A informação está na pesquisa High-Tech Retail – A Tecnologia e o Comportamento de Compra do Brasileiro, realizada pela Croma Solutions. Esse dado mostra que os hábitos estão mudando no Brasil, acompanhando o que acontece no mundo. E ao contrário do que muitos afirmam, não é a tecnologia que promove a mudança no comportamento, mas o comportamento que determina a sua adoção. Esta mudança está relacionada às inovações, mas antes de tudo ao processo humano de aprendizagem, que é movido por recomp

Varejo gaúcho tem três mil vagas abertas

As vagas do varejo correspondem a 12% das ofertas de emprego anunciadas por empresas brasileiras Os sinais de recuperação da economia brasileira já deixam de ser expectativas oficiais e passam pela recuperação do setor que mais emprega no país. De acordo com os dados do site de busca de empregos Adzuna.com.br, em parceria com a Associação Gaúcha para Desenvolvimento do Varejo (AGV), as vagas abertas pelo varejo já correspondem a 12% do total de ofertas de emprego anunciadas pelas empresas brasileiras de diferentes setores com mais de 42 mil oportunidades de emprego na área. Destas vagas, 20% estão na região Sul do país, sendo que no Rio Grande do Sul há quase três mil ofertas de trabalho no

6 passos para motivar uma equipe de vendas

Tudo o que gera resultados traz prazer! Foto: Divulgação por Mário Rodrigues* No atual cenário do setor de vendas, nos deparamos com duas questões: como ter uma equipe motivada? De que forma incentivar os profissionais diante de uma crise? Antes de tudo, precisamos entender quais são as formas de motivação: pode ser intrínseca, quando é interna e o próprio profissional vai atrás para atender seus anseios; e extrínseca, realizada por um líder, gestor ou outro profissional para contagiar os demais membros da equipe. É importante reforçar que as pessoas são motivadas para satisfazer suas necessidades, seja de segurança, de realização, financeira ou, até mesmo, de pertencer a um grupo. Aprese

Varejo físico e online precisam andar de mãos dadas

Contar com a expertise de uma empresa especialista no setor é essencial * Por Luis Pelizzon Os varejistas convencionais brasileiros já entenderam que não há escapatória: modernizar seu modelo de negócio e acompanhar a revolução tecnológica para atender seu cliente de uma maneira omnichannel é um pré-requisito para que a operação seja bem-sucedida. Muito falado na teoria e pouco colocado em prática no Brasil, o conceito de omnichannel rege que o consumidor seja entendido de maneira igual ecomplementar em todos os canais. Diferente da multicanalidade, que é o simples fato de a empresa vender em vários canais, o omnichannel se caracteriza pela padronização da comunicação esintonia entre todas a

Varejo: analise a performance do seu mix de produtos com business intelligence

Empresas precisam analisar com critério quais mercadorias farão parte do mix de produtos A definição do mix de produtos é uma das decisões mais importantes que as organizações devem tomar. Sua escolha impacta em diversas áreas da empresa, como logística, gestão de vendas, marketing e gerenciamento de estoque. O problema é que ela normalmente é feita com base em poucas ou equivocadas informações, dependendo muito da experiência dos gerentes e do método da tentativa e erro. Para analisar a performance do mix de produtos não bastam os números absolutos de vendas. É preciso cruzar informações, entender contextos e tirar conclusões que ajudem a organização a identificar meios de melhorar o desemp

Quais as vantagens de se unir a um concorrente no varejo?

Se unir a um concorrente pode trazer mais benefícios do que apenas tratá-lo como um inimigo Se você é um empresário do varejo, sabe que a presença do concorrente costuma ser uma constante no seu dia a dia. Muitas vezes vocês estão em uma mesma região da cidade, em um mesmo shopping ou até lado a lado, dividindo a mesma rua com diversas outras lojas. Na disputa pelo consumidor, a briga é diária. Mas em outras questões estratégicas não precisa ser assim. Você parou para pensar em como se unir a um concorrente pode trazer benefícios para o seu negócio? Nós, do Meu Crediário, somos especialistas em gestão de crédito e cobrança para varejistas. Em nosso blog tratamos de temas que envolvem a gestã

Apenas 1/4 do comércio utiliza automação para conhecer o cliente

Somente 25% das varejistas conseguem levantar características do perfil de seus clientes Foto: Istock Ainda há potencial para a utilização da automação comercial na identificação dos hábitos dos clientes. Atualmente, 25% das empresas do segmento de comércio e serviços conseguem levantar características do perfil de seus consumidores, segundo estudo da Associação Brasileira de Automação-GS1 Brasil. O estudo também constatou que 65% das empresas têm investido em canais de relacionamento com o cliente. Além disso, 40% administram as frentes de caixa junto ao back-office; 37% possuem gestão de estoque por meio de leitor de óptico; e 32% monitoram eletronicamente as atividades via GPS ou aplicati

CEOs enxergam retomada do consumo

As empresas de varejo que passaram pela crise vão ganhar espaço no mercado pela frente Uma recuperação do emprego e da renda disponível das famílias, além da queda da taxa de juros, são vistos pelo presidente da Alpargatas, Márcio Utsch, como passo para uma retomada consistente do consumo. O executivo destacou que esses fatores devem contribuir para as vendas da companhia tanto em produtos mais caros como nos de preço mais elevado. A calçadista fabricante das sandálias Havaianas considera que o crescimento de renda favorece esse produto, tipicamente de tíquete médio menor. Já os calçados esportivos da marca Mizuno são favorecidos pela maior oferta de crédito a juro menor. “Já começou a melho

Varejo inteligente: a nova era do cliente

Atualmente as empresas devem guiar seus negócios pela exclusividade Foto: Depositphotos Corresponder às expectativas dos consumidores se tornou uma tarefa ainda mais difícil. Segundo dados da Cisco, 89% deles deixaram de comprar em determinados varejistas após vivenciar experiências ruins de atendimento. Para esse cliente – 86% deles, precisamente -, vale pagar mais para ter uma experiência melhor de compra. Porém, 30% das empresas da área têm uma postura reativa à transformação digital. Mudar esse pensamento pode ser crucial para o negócio. Investimentos mais eficientes em tecnologia poderiam movimentar mais de US$ 506 bilhões em todo o mundo. Entra em cena a nova era do cliente, em que o u

Varejo é o que mais tem percebido a transformação digital dos negócios, diz pesquisa

O varejo se encontra em um momento cheio de oportunidades Embora 84% das companhias globais afirmem que a transformação digital é fundamental para sua sobrevivência nos próximos cinco anos, apenas 3% delas completaram os esforços de transformação em toda a operação. É o que revela o relatório "SAP Digital Transformation Executive Study: 4 Ways Leaders Set Themselves Apart". Com base em resultados de entrevistas com mais de 3 mil executivos seniores em 17 países, o estudo identificou desafios, oportunidades, valor e tecnologias relevantes usadas na transformação digital. De acordo com o estudo, mais de metade das empresas na América Latina e no Brasil esperam aumentar seu faturamento entre es

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Siga a AGV nas redes socias
  • Grey Facebook Icon
  • Instagram Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Blogger - Grey Circle
Venha nos Visitar

Rua Senhor dos Passos, 235 / 4º andar

Bairro Centro

Porto Alegre - RS - Brasil

Tel (51) 3017.8241

Cel (51)99860.0686

  • Grey Facebook Icon
  • Instagram Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Blogger - Grey Circle